“Fitness X Maromba”
IMG-20181018-WA0043

Eu como amante da musculação a quase duas décadas, observei algumas mudanças no cenário das Academias no decorrer dos anos.
São novas as expressões “fitness” e “maromba”, e se refere basicamente ao mesmo público, diferenciado pelos objetivos somente.
Cada vez mais as pessoas buscam inserir-se neste contexto das academias de musculação, movidos por diversas motivações e até mesmo pela mídia.
Esse crescimento que se deu neste âmbito Esportivo, gerou um ciclo negativo e predominante que atravessamos há anos.

Vou chamar esse Ciclo negativo de “Conspiração ” das Academias!
Sim…
Existe uma conspiração que fizemos parte, consciente ou inconscientemente, disso fazem parte os alunos, os professores das academias e os empresários e os donos das Academias.
Eu sempre estranhei a ausência de professores nas salas de musculação que estivessem em forma física condizente com a profissão,  poucos são os professores praticantes da musculação, e isso me intriga e me decepciona até hoje.
Ao observar por outro ângulo, hoje como integrante desse mercado de trabalho,  vejo com mais clareza como essa conspiração acontece, e como todos fazemos parte.
Tudo começa quando você decide procurar por uma Academia e iniciar um novo estilo de vida!
Você chega dizendo que quer emagrecer, quer definir, ganhar massa muscular e etc, e ninguém te diz o quanto isso vai te custar além da mensalidade que você vai pagar, ninguém diz o quanto você vai sofrer pra construir um corpo hipertrofiado e definido, porque você certamente irá sofrer, muito ou pouco, dependendo do Corpo que você quer ter. Não é fácil hipertrofiar, o processo é lento e muito dolorido, e não depende apenas do treino.
Musculação não é modalidade para relaxar ou botar o stress pra fora ou causar bem-estar, se você quer isso faça yoga ou outra coisa, musculação vai carregar peso e vai sofrer, não tem jeito!
A grande maioria que frequenta Academia não quer esse sofrimento, mas esse nunca terá um “shape” hipertrofiado e definido.
Fazem parte dessa conspiração os professores das academias, que deveriam falar isso para o aluno quando ele chega na academia, mas eles não falam porque a maioria deles nem treinam, nunca treinaram, não sabem a sensação de uma fibra rasgando, e esses são a maioria dentro das salas de musculação, infelizmente!
Você que está lendo essa matéria, tem grandes chances de ser orientado por um “profissional ” desses que nunca fizeram um supino na vida, ou qualquer outro exercício que seja até as fibras romperem.
O professor(a) ou o instrutor(a) não precisa ser monstro, ter 40cm de braço ou 110cm de quadril, até porque no fundo isso é uma questão de gosto e claro, uma associação de treinos com dietas, descanso, genética e alguns casos acrescidos de outros recursos.
Mas é fundamental ter a aparência de um profissional de Educação física, isso é o mínimo!
Se ele não cuida da aparência dele como vai cuidar da sua?
Independente dos títulos, das graduações, de arquivos lidos ou escritos, tem que praticar o que ensina!
Quem não treina não tem capacidade de prescrever treino!
É necessário ter experimentado em si mesmo o princípio da individualidade biológica, isso nos capacita a perceber e a corrigir no outro.
Esses professores não praticantes da musculação, são maioria porque o empresário, o dono da academia, também faz parte dessa conspiração.
Não dá para vender a imagem do sofrimento, do sacrifício, ninguém vai pagar pra sofrer, não é mesmo?
As pessoas em geral,buscam o artifício, não o sacrifício.
Por essa razão, a verdade é ocultada quando você chega na Academia pela primeira vez, ali começa essa grande conspiração, quando você se deixa enganar, o principal vilão é o aluno que se deixa iludir!
É por você que existem cada vez mais modinha nas academias, cada ano criam uma modalidade nova, ou repaginada.
Os profissionais praticantes, os hipertrofiados, são exprimidos, criticados, e muitas vezes vetados de trabalhar do jeito que a musculação exige.
As academias, grande parte não tem interesse nesse perfil de profissional, acredito que devido a conspiração!
É preciso manter esse ciclo negativo em beneficio dos seus bolsos, afinal de contas, esses são a minoria, e claramente entendem muito mais do assunto do que os demais, pois possuem teoria científica e prática!
Manter um profissional desses na academia pode enfraquecer a conspiração, e consequentemente, o financeiro da academia.
Uma reflexão no sentido de valorizar mais os profissionais com prática/experiência, que tenham seu físico como item principal do currículo seria de grande valia pra esse mercado em crescimento .
É preciso um novo olhar, para os Marombeiros, aqueles alunos que estão todos os dias, durante o ano inteiro dentro da Academia.
Esse é o aluno que fica quando acaba o verão, e os demais “projeto verão” saem fora, ou vão em busca de outra modinha fitness.
Esse paga pra se enganar, o Marombeiro quer crescer, quer evoluir e, certamente prefere ser orientado pelo instrutor que treina e sofre diariamente igual a ele.
Esses alunos precisam de profissionais que gerem resultados, que sejam exemplo.
Afinal, a palavra convence, mas é o exemplo que arrasta!

Sheila Danieli Machado
Estudante de Ed. Física Bacharelado

IMG-20181018-WA0042