“Nutrição e Estética”
5107120_891d91887e2181acf1e1fdefdb9771f1

Nutrição e estética: Concorrentes ou aliados?

Sabemos que a maioria dos frequentadores do consultório de nutricionistas são indivíduos que se preocupam com a aparência física, e não é somente na questão de redução do peso corporal ou ganho de massa e definição muscular. Muitas pessoas estão passando a cuidar da aparência da sua pele através de uma adequada alimentação (nutrindo de dentro para fora).

Hoje já se vê a associação dos recursos estéticos com o acompanhamento nutricional tornando os resultados mais eficazes, satisfatórios e duradouros. Pois é difícil obter ‘estética’ sem ter saúde.

A ascensão dos chamados nutricosméticos reforça a importância da alimentação saudável, afinal, essas cápsulas e sachês que prometem rejuvenescer a pele, fortalecer as unhas e dar brilho ao cabelo são, na verdade, extratos superconcentrados de nutrientes encontrados em produtos de origem animal e vegetal.

Confira os ativos mais utilizados:

*Colágeno (Tutano bovino e algas)
*Biotina (Gema de ovo e castanhas)
*Vitamina C (Frutas cítricas)
*Ômega-3 (Peixes e linhaça)
*Resveratrol (Uva)
*Silício orgânico (Aveia e leguminosas)
*Betacaroteno (Alimentos alaranjados)

Podendo ser associada a procedimentos estéticos, como drenagem linfática, massagem modeladora, aparelho de ultrassom ou radiofrequência – tratando celulite, flacidez de pele corporal e/ ou facial.

Integrar esses recursos colabora para que cada vez menos as pessoas optem por estratégias tentadoras e perigosas, como as “dietas milagrosas” e procedimentos estéticos invasivos.
Com o acompanhamento e auxílio de um profissional capacitado, o paciente irá conhecer o que se encaixa ao seu biotipo, rotina de vida e objetivos, gerando melhores resultados.

Sessão-do-Studio-037

Ad