*Carboidrato Engorda?*
CARBOIDRATO-OK

 

É visível o número de pessoas que vem cortando o carboidrato da dieta (ou diminuindo) pelo simples fato de achar que ele engorda.
Mas isso é verdade?
A resposta é depende..
Porque?
Cada indivíduo possui um gasto energético diferente um do outro.
Como as atividades de cada um são diferentes (associando a resposta metabólica) a quantidade de Macronutrientes, que correspondem à Carboidrato, lipídio e proteína, também se diversificam.
Em geral a divisão desses macronutrientes (que são divididos através da energia total que o indivíduo deve ingerir para ter o peso adequado) são entre:
PTN – de 15 a 20%
CHO – 55 a 60% do GET ou 60 a 75% para casos específicos e
LIP – 20 a 30% do GET.
Mas também não é somente a quantidade de carboidrato ingerido, e sim o seu tipo!
Tipo?
Como assim?

Nós temos dois tipos de carboidratos: os simples e complexos..

Carboidratos simples:
Facilmente absorvido pelo organismo, fornece energia quase que imediatamente após a ingestão, é indicado o consumo antes da prática de atividades físicas ou esportes radicais, mas principalmente para atletas que precisam de explosão e velocidade nas competições.

Exemplos:
Farinha de trigo refinada e seus derivados; açúcar de mesa; arroz branco; bebidas açucaradas; biscoitos (secos ou recheados); bolos não integrais; cereais matinais; chocolate ao leite ou branco; doces caseiros; geleia de frutas; refrigerante; sorvete industrializado; suco de frutas em geral, entre outros.

Carboidratos Complexos:
Possui estrutura de amido muito mais difícil de ser metabolizada, quebrada e digerida, por concentrar mais fibras em sua composição, este tipo de carboidrato demora de 30 a 40 minutos para aumentar os níveis de glicose no sangue.

Exemplos:
Farinhas integrais; macarrão Integral; pão Integral; abóbora; mandioca; aveia; batata doce; brócolis; couve flor; linhaça; grão de bico; soja em grãos; trigo em grãos ou partido; quinoa, entre outros.

Ou seja, a principal diferença entre os carboidratos simples e complexo é o tempo metabólico gasto para transformá-los em glicose para depois serem liberados na corrente sanguínea.
De modo geral, o mais recomendado para o dia-a-dia é dar preferências para o grupo dos complexos.
E por causa da sua absorção ser mais lenta, a sensação de saciedade é maior, mas, tudo depende do estilo de vida de cada um.

Falando sobre os carboidratos.. você sabe o que a Fibra pode trazer de bom para o nosso organismo?
Fique ligado na próxima edição!

Ad