“Treinamento na melhor idade”
50fc819989c01860c247fe8c0050295e

O número de pessoas com mais de 60 anos no Brasil deve aumentar quatro vezes em 40 anos, ou seja, até 2060 a população da terceira idade será de 25% da população total.
Desta forma, torna-se indispensável à conscientização a respeito da importância da prática de atividades físicas nesta fase da vida, o que, graças aos esforços dos educadores físicos, fisioterapeutas e médicos, tem mudado muito.
Por inúmeros motivos que já conhecemos, elas contribuem para uma vida saudável, equilibrada e feliz.
De forma geral, todos podem praticar de tudo, desde que não exista nenhum empecilho patológico que restrinja a prática, como lesões articulares ou problemas graves no coração, por exemplo.
São diversas modalidades com foco em varias valências físicas diferentes e você ainda pode escolher se treinará sozinho ou com acompanhamento de um profissional da área, individualmente ou em grupo, ao ar livre ou não e se utilizará acessórios ou somente o próprio peso corporal. Ou seja: não tem desculpas para não se exercitar!
Tratando-se especificamente das pessoas acima de 60 anos – classificados pela OMS como idosos – devemos ter ainda mais atenção quanto à escolha correta da atividade física ideal, pois ela precisa ser condizente com o nível de treinabilidade do indivíduo, bem como com a situação física em si.

beweging-ouderen
Apenas a nível de curiosidade, a OMS estuda a possibilidade de mudar a classificação de idade e, se acontecer, ficará da seguinte forma:
01) menor de idade: 0 a 17 anos;
02) jovens: 18 a 65 anos;
03) meia idade: 66 a 79 anos;
04) idosos: 80 a 99 anos;
05) idosos de longa vida: maiores de 100 anos
Levando em consideração as questões citadas, com toda certeza a prática é indicada, no entanto, deve-se avaliar com veemência os níveis de força, resistência e flexibilidade, para, a partir daí, iniciar ou dar continuidade a prática.
Quanto aos benefícios da prática na terceira idade, temos a melhora do condicionamento físico, coordenação motora e resistência física, o que acarreta na melhora da independência do indivíduo, ou seja, atividades do dia a dia como levantar da cama, amarrar os sapatos ou pegar algum objeto no alto do armário tornam-se mais fáceis de serem realizadas, dispensando a necessidade de outra pessoa para auxiliar.
Com relação às atividades mais indicadas para esta faixa etária, temos a musculação, importantíssima aliada no fortalecimento da musculatura, fixação do cálcio nos ossos, melhora da postura entre outros, além de praticamente não oferecer efeitos colaterais, a caminhada também é uma ótima escolha, tendo em vista que trabalha o sistema cardiovascular, já que ativa nosso “segundo coração” (as panturrilhas), responsáveis pelo nosso retorno venoso, ou seja, ajuda a melhorar a circulação sanguínea, melhorando a saúde de forma geral.
Também temos o yoga, o pilates e o tai chi chuan, atividades que permitem que o idoso evolua conforme seu ritmo, contribuindo para saúde psicológica, evitando a ansiedade, além de melhorar a flexibilidade, o equilíbrio, a aliviar dores e a aumentar a concentração e a resistência.
A hidroginástica, a dança e alongamento também são atividades indicadas principalmente pelo fato de oferecerem baixo risco de lesões e baixo impacto, ajudam a prevenir lesões, ajudam no gasto de calorias e no ganho de resistência se praticadas junto com outras atividades, além de serem exercícios, na maioria das vezes, simples e fáceis de serem executados.
Tá vendo?!
Opção não falta!
Se você tem mais de 60 anos e ainda não se exercita, chegou a hora de calçar os tênis e mudar seu estilo de vida!
Saiba que a saúde é um dos principais parâmetros para a classificação em boa ou ruim qualidade de vida, pois uma boa saúde influencia no seu bem-estar, na qualidade do seu sono, nos seus relacionamentos, metabolismo entre outros.
Procure um profissional da área para te auxiliar com segurança e eficiência.
Se você já se exercita, quem sabe não é a hora de intensificar a prática?!
Busque a longevidade saudável através do hábito da prática de atividades físicas e do equilíbrio nos outros âmbitos da vida, como alimentação, lazer e relacionamentos.

Boa sorte e bom treino!

Sara Fávero CREF 15270
Sara Fávero Personal Studio CREF 2609

Ad