“StartDoing”
23379934_1692236324153816_314242138862557933_n

6 PASSOS PARA SE TORNAR UM ATLETA DE PONTA
1 – Defina seu objetivo:
É ideal ter seus objetivos bem claros. O bom planejamento de todas as etapas do treinamento é um diferencial entre a preparação de atletas, sendo determinante para o alcance de ótimos resultados. Parte dessa abordagem de definição de metas é estabelecer um objetivo realista e mensurável e projetar um cronograma de treino.
2 – Trabalhe sua mente:

Saber lidar com falhas e derrotas é importante. O objetivo da psicologia do esporte é atender às necessidades mentais e emocionais dos atletas. Isso aumenta seu bem-estar geral e aumenta seu desempenho esportivo ao mais alto nível possível.

Visualização e ensaio mental: A ciência da visualização, também chamada de auto-hipnose, indica que uma experiência imaginada é interpretada de forma semelhante a um evento real e, portanto, leva a uma maior confiança e competência em um atleta.
Falar sozinho: Se um atleta precisa trabalhar atento, centrado e focado, essa técnica reduz distrações para melhorar seu desempenho.
Resiliência e recuperação de lesões: Aprender a usar habilidades mentais para lidar com uma lesão – e usar o poder da mente para facilitar a cura física – pode soar exagerado. Mas psicólogos esportivos e atletas encontraram benefícios reais nessas práticas.
Motivação e estresse emocional: Qualquer atleta pode se sentir desmotivado e cansado da rotina de treinamento. Um psicólogo esportivo qualificado pode ajudar os atletas a se manterem focados.

22049811_1653508741359908_7176766440635131585_n

“Treinar, superar limites, competir, aprender com as vitórias e derrotas faz parte do dia a dia de um campeão”, André Franco – especialista em estratégias comportamentais para alto desempenho.

3 – Entenda o treinamento:
Individualidade: Entender que cada ser é único e que as respostas aos treinamentos podem ser diferentes. Diferenças como tamanho, biótipo, genética, histórico de atividades, condições médicas, lesões e até o gênero devem ser levados em consideração para a criação do seu treinamento. O treinamento deve ser criado e realizado única e exclusivamente para você.
Progressão: Os resultados não aparecem da noite para o dia, o seu treinamento deve aumentar a dificuldade gradualmente. O princípio da progressão enfatiza a necessidade de descanso e recuperação adequados. O estresse contínuo no corpo e a sobrecarga constante vão resultar em exaustão e lesões.
Dedicação: Dedique-se ao seu esporte! Enquanto estiver se exercitando, busque sempre seu máximo, tente superar seus limites!

“O atleta vencedor sabe que dom e talento não são suficientes para garantir as vitórias, e que é necessário treinar muito para desenvolver suas competências e obter cada conquista” – André Franco.

24294148_1716202981757150_2590247511239780331_n

4 – Regule sua alimentação:
Alimentação balanceada é um dos pilares para chegar aos seus objetivos. A dieta é realizada de acordo com a individualidade e objetivo de cada atleta, e conta com carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis.
O sistema digestivo quebra os carboidratos em glicose ou açúcar sanguíneo, que da energia às células, tecidos e órgãos.
Proteínas são importantes para crescimento e recuperação muscular.
Gorduras saudáveis dão energia, ajudam no desenvolvimento corporal, protegem os órgãos e mantém as membranas celulares.
5 – Dê atenção à qualidade do seu sono:
Muitos não dão a devida atenção à qualidade e quantidade de sono, e o quanto isso afeta a performance nos esportes. O sono profundo é o período em que o hormônio do crescimento é liberado na corrente sanguínea, e ele estimula o crescimento e reparo dos músculos, desenvolvimento ósseo e queima de gordura. Também é fase essencial para se aprender novas habilidades. Má qualidade e quantidade de sono reduz a liberação desse hormônio.
Especialistas recomendam 7 a 9 horas de sono para adultos e 9 a 10 horas para adolescentes.
Faça do sono uma das prioridades da sua rotina de treinamento.
Aumente a quantidade e qualidade do seu sono semanas antes de uma competição importante.
Durma e acorde no mesmo horário todos os dias.
Tire cochilos durante o dia se você não dormiu o suficiente à noite.
“Todo dia é uma nova chance de me desafiar e levar meu treinamento para o próximo nível, mas só posso fazer isso se eu tiver energia. Dormir é parte importante disso.” Kevin Durant – Jogador de basquete.
“[antes de jogos], nessas noites eu, com certeza, vou dormir 10 ou 11 horas. Eu sempre descanso bem e isso é algo que as pessoas não falam muito sobre. Seu corpo se cura e repara melhor do que qualquer coisa. Ser capaz de dormir bem é ótimo para sua recuperação e o ajuda a acordar com uma perspectiva mental e física renovada. ” Larry Fitzgerald – Jogador de futebol americano

“Dormir é extremamente importante para mim. Eu preciso descansar e me recuperar para que meu treinamento seja absorvido pelo meu corpo. ” Usain Bolt – Velocista

24852528_1725960590781389_1835973913537545901_n
6 – Busque apoio:
Professor: Esse é o profissional que te ajudará nos exercícios e quem vai te guiar ao topo!
Fisioterapeuta: Um fisioterapeuta capacitado vai te ajudar na prevenção de lesões, assim como na recuperação muscular e é sempre bom ter um por perto!
Nutricionista esportivo: O nutricionista esportivo é o profissional adequado para balancear sua alimentação de acordo com suas necessidades individuais.
Psicólogo esportivo: O psicólogo esportivo te ajuda a lidar com sua cabeça, seu lado emocional. Lidar com derrotas, tempo de recuperação de lesões ou problemas pessoais que afetam no seu treinamento se tornam mais fáceis.

Referências:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-00132015000200102&lang=pt
https://exame.abril.com.br/carreira/o-que-leva-atletas-ao-alto-desempenho-tambem-pode-levar-voce/
https://www.verywell.com/do-athletes-need-extra-sleep-3120087
http://www.huffpostbrasil.com/entry/these-famous-athletes-rely-on-sleep_n_5659345#gallery/359368/3
https://www.verywell.com/train-like-an-olympian-3120597
https://www.verywell.com/sports-nutrition-4014644
https://www.verywell.com/sports-psychology-4013830
http://cienciadotreinamento.com.br/2015/06/o-que-e-microciclo-mesociclo-e-macrociclo/

Fonte da Matéria: Luciano (Sócio Proprietário da Stardoing)

Ad