” A Fobia de Gorduras”
Gorduras

Durante muitos anos vivemos com muito medo das gorduras, elas eram ruins para a saúde, tem muito caloria, faziam mal.
Não coma ovos pois eles aumentam o colesterol, depois lá vem o ovo como queridinho, mas é preciso comer somente a clara e não a gema.
Não tem como não enlouquecermos com tanta informação, mas e agora?
O que faço?
Como gordura ou evito ela? (Só esclarecendo o debate sobre o ovo, você deve consumir a gema SIM. Nela está concentrada a maior parte das vitaminas e gorduras boas. Na clara existe mais proteína, o que pode ser mais alergênica. Mas NÃO precisa tirar nada do ovo, só consuma ele inteiro, como a natureza de oferece).
Antes de tudo, é muito importante lembrarmos que as gorduras sempre fizeram parte de nossas vidas, há milhares de anos atrás, não existiam essas quantidades absurdas de alimentos industrializados, de carboidratos, de farinhas, de snacks, de barrinhas e lanchinhos cheios de aditivos, açúcares e químicos.
Nossos antepassados caçavam para comer e a base da alimentação era carne e gorduras de animais.
No máximo alguns vegetais que tinham na época.
Então nosso corpo foi programado para metabolizar muito bem as gorduras.
Elas são fonte de energia para seu cérebro e corpo.

gorduras-boas

Muitos estudos robustos e atuais nos mostram que o consumo de gorduras (aquelas naturais dos alimentos) não causam doenças cardiovasculares, muito pelo contrário, ainda tem efeito protetor.
E esses estudos mostram que o consumo de carboidratos refinados, aumentam as chances de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.
SIM, meus amores!
Mas o importante é não viver no terrorismo nutricional, tudo que você consumir eventualmente não irá lhe matar e nem lhe deixar doente.
O que quero deixar claro, é que as gorduras naturais dos alimentos nunca nos fizeram mal.
Mas perder o medo de gordura, não é perder a noção, não há necessidade de você adicionar mais gordura nos alimentos que já tem.
Não precisa fazer uma carne já gordurosa com manteiga, não precisa colocar óleo de coco na nata.
Não se perca, não esqueça que o foco é em comida de verdade, vegetais e que todo o excesso é um tiro no escuro.

Att,

Elaine Silva
Nutricionista
CRN10 4904
Técn. em Nutrição e Dietética
Pós graduanda em Nutrição Clínica Funcional
48- 99931254